É que

É que temos de ser capazes de sair. De sairmos de nós para irmos aos outros. Temos de parar de virar a cara ao mundo que acontece. Precisamos de mais heróis. Precisamos de ouvir o choro do mundo, o choro dos outros e de ir a eles.

Precisamos de, às vezes, deixar o conforto do sofá, do ponto, do emprego, das ambições grandes dessa espécie de BI que se chama “carreira”. De sairmos de nós para amarmos os outros, para lhes darmos de nós. É que o mundo somos todos. E nem para todos o maior problema é a segunda-feira que chega, o emprego que não realiza, o patrão ou o seu despotismo… Para esses, esses beliscões da vida, ou do que escolhemos para Ela, seriam dádivas… Há lugares onde abundam pessoas e falta água, falta amor, faltam abraços, falta compaixão, faltam olhos e corações humanos, faltam mãos e falta luz.

Faltamos nós lá… os grandes vencedores do século XXI… os estudados, os curriculados, os linkedinados, os cheios de qualificações e de “sonhos” – sabemos o que são sonhos?

Falta sermos mais pessoas e menos doutores. Faz falta Sermos mais pessoas e menos cartões de crédito, poupanças e certificados de aforro. Faz falta menos segurança (a segurança paga a conta da felicidade ou cala os gritos?), ou ilusão dela. Faz falta dizermos menos “para se um dia precisarmos de alguma coisa”. Hoje é o dia. E há quem, de facto, precise de alguma coisa que podemos dar.

Falta-nos essencialmente Essência. Falta-nos dar a pessoa que Somos dentro. Falta sairmos do conforto (da ilusão dele).

Falta-nos mexer as pernas aparentemente confortáveis no sofá. É que, quando ficamos no sofá sem nos mexermos, não dói nada…só que atrofiamos o músculo, criamos doenças para o velho que vamos ser. Quando não nos mexemos, é no mundo que criamos doença. Pensar que viemos cá para ganhar salários e ostentar cargos parece-me presunçoso e pouco ambicioso, até… Sim, estou a falar convosco, senhores ambição. 🙂

Falta sairmos do carro novo, da casa nova, da cadeira de vime no jardim. Falta irmos menos de férias e irmos mais Ver o mundo. Acima de tudo, fazemos falta e acho que não sabemos.

#ElasDoAvesso

elas do avesso compaixao

Partilhar
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *