Inevitavelmente Poesia II

Preciso de acreditar mais no vento

Nas palavras desalinhadas

No coração a unir

Ver mais dentro

Acreditar sem ver

Descansar o carmim do coração a bater

Pisar a Terra

Sentir a verdade das folhas

Do Amor que há para mim

               [ Em mim

Trocar o carmim iludido pela cor

Aquela que não mente

A cor das coisas

A cor da Terra

O cheiro da Vida

Desfragmentar o que nunca esteve partido

Unir a verdade

Vê-la unida

Respirar no branco

[ Porque há uma verdade para mim

Que compõe o todo

Eu só ainda não consegui ver

É só trocar o carmim inventado pelo verde das folhas

E tudo é.

 

#ElasDoAvesso

 

P.S.: PARTILHA, POR FAVOR:) AJUDA-NOS A CRESCER #ELAS, NÓS TODAS AGRADECEMOS MUITO 🙂 OBRIGADA POR ESTARES CONNOSCO!

P.S.2: AH! SE PUDER SER, COM A HASHTAG #ELASDOAVESSO QUE NÓS SOMOS BUÉ MODERNAS

RECEBE A NEWSLETTER D‘ELAS DO AVESSO AQUI

Partilhar
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *