À tua indignidade (quero amar)

O amor é perigoso neste mundo… ele perdoa… permite às pessoas serem quem elas são… permite-lhes serem livres.   A Terra tem medo de pessoas livres.

Quero amar…

A essa treva toda… a essa dor toda que te corta…

Aos teus olhos a gritar… lamber-te o fel… mostrar-te que és mais do que esses monstros todos e que só quando os trazes para fora, os podemos curar juntos… Com amor.
Estou morta por te amar… a isso tudo que escondes… que achas que não é bom… a essa fragilidade toda.. pronta a partir-te os braços… a arranhar te o coração no chão.

À tua mentira de indignidade, quero amá-la.

#ElasDoAvesso

Márcia Augusto

Recebe o livro «Elas do Avesso» c# <3 🙂


Recebe o novo livro «Elas do Avesso»

recebe-me, a mim e a «Elas», em casa

P.S.2: POR FAVOR, FAZ PARTILHA PÚBLICA COM A HASHTAG #ELASDOAVESSO.

RECEBE A NEWSLETTER D‘ELAS DO AVESSO AQUI

 

Partilhar
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *