Let’s sing a little prayer for You

Deus, eu venho aqui porque estou perdida. Não sei o que fazer. Foi-me pedido e eu aceitei, porque pedi isso, que desistisse do mundo, dos significados do mundo… e eu quero… mas eu não consigo descobrir, perceber o que o Espírito Santo quer… não consigo, Deus. Há aqui alguma vontade que me está a impedir… que eu estou a valorizar, que me impede. Peço-te, Deus… dá-me ser como Tu És, dá-me que a Tua Vontade seja feita, mesmo que eu não a compreenda aqui… não aguento mais este limbo. Aguento, mas não o quero… talvez precise de, de facto, não aguentar para saltar… só quando o degrau deixa de suster é que aceitamos passar para o próximo. Nada à minha volta tem significado, não posso acreditar em nada. Guia-me, Deus. Estou cega, surda-muda… não tenho nada a que me agarrar. Ajuda-me, Jesus, ajuda-me, Espírito Santo, a encontrar a saída, que é a entrada do Céu. Ajuda-me. O que é Verdade? O que me está a ser pedido para ser feito? O que deve ser feito, Poderoso Deus, querido Deus, amado Deus, amado Pai, dá-me a Tua Vontade; se importante, clarifica-me a Tua Vontade para que seja feita, se não é necessário, peço meramente que ela se efetive através de mim, que eu seja não um canal, mas algo merged, unido em Ti, na Tua Vontade, e A expresse. Não sei o que fazer. Guiem-me.  Vêm depois os momentos de loucura, riso e choro… sei que És Tu, Deus… Tu a Querer entrar, eu a desfazer-me para que Tu entres, entra logo Deus… não Te demores mais… Talvez seja eu que me demore, porque a minha chave ainda não é o molde da tua fechadura da porta… hoje, olhei para a chave e vi isso… por favor, torna a minha chave exatamente o molde da Tua entrada , Deus… como a chave da garagem… torna… desfaz-me em mil, ou desfaz os meus pedaços e dá-me a Unidade que me permite entrar em Ti, Deus… Dá-me… eu estou desfeita… não aguento mais estar assim… não sei estar no mundo assim.. não sei o que sou, o que faço… quem faço… não sei. Dá-me Ser que Tu és no mundo, ou ele perde completamente o significado e eu não sei viver aqui, sem Ti… o que faço?

Deus, que o x se torne uma evidência da Tua Vontade, da minha vontade unida à Tua. Quero que o x seja a prova viva de que é possível nos unirmos num só e nunca mais resistir à Tua Vontade. Porque resistir à Tua Vontade causa dor, Deus… e eu sou infeliz, quando acredito que não estou de acordo com a Tua Vontade. E vem aquela frase da força para mudar o que se pode mudar, e ponta de mim, que eu acho que é de mim, mas não é, acha que pode mudar a situação do x, saindo de lá… mas, no fundo, sei que posso mudar, sim, com o Espírito Santo. Mas, por favor, Espírito Santo, muda  a minha perceção do x…. É sempre este chilindró… não aguento mais…acaba, por favor, com as vozes dissonantes. Que a Vontade de Deus seja imperatriz e impere e mande em tudo e seja como Deus quer e eu seja feliz a cumprir, a Ser a Vontade de Deu. E acabou. Não aguento mais este impostor dentro de mim. Manda-o embora. Aniquila. Acabou. Acabou. Não aceito nem mais uma palavra tua, um dia que seja. Acabou. Dá-me, por favor, a Deus. Para acabar com o irreal. Acaba com ele. Dou-te. De bandeja. Corta-lhe a cabeça que não existe. Não a quero mais. Acabou.

 

Cura o meu coração, Espírito Santo. Cura o meu coração, Deus. Jesus, ajuda-me. Entrego aqui a ilusão do ódio, da separação… do “eu sou aqui e vocês aí e eu não consigo chegar”, porque continuo a ter uma vontade que não é a do meu pai e sou pecadora por isso… sei que não é verdade, porque eu não sou o ser que peca… mas eu identifico-me com ele… porque já me identifiquei com a vontade separada. Dá-me Luz. Dá-me Ser Tua, Deus. Isto está muito à frente do que eu consigo dar, ou fazer… por isso, peço que Tu me Dês o milagre da salvação, de ser Tua, de estar em Ti, como me Criaste… de sair da realidade irreal do corpo e de ser restaurada à minha condição natural de Mente, acreditar que sou mental, que sou  Teu Filho, livre de ilusão… não aguento mais. Não aguento. Dá-me ser de Deus. Dá-me só ter a Tua Vontade. Dá-me não acreditar nisto e isto desaparecer. Dá-me. Dá-me ser feliz, Deus, em Ti.

27/10/2018

Deus, dá-me que este dia seja Teu. Dá-me que a Tua Vontade seja feita. Dá-me que seja Tua expressão na terra. Amo-te, querido Deus. Amo-te. Deixa-me sentir o Teu Amor. Deixa-me sentir o Teu Amor. Amo-te, Deus. Obrigada. Obrigada. Obrigada por tudo. Amo-te, Deus. Amo-te. Nunca senti isto por nada nem por ninguém. Amo-te. Dá-me sentir este amor pelos meus irmãos. É tao grande, é tão bom. Dá-me. Livre, Paz, Amor. Dá-me Ser Tu. Dá-me,Jesus encarnado, Cristo, Espírito. Obrigada.

Dá-me um dia feliz. Dá-me aquilo que é a Tua Vontade para mim. Para sempre.

Márcia Aires Augusto

Que a vida seja uma prece à própria vida que a anima, a Verdade escondida em todos, pronta a ser Revelada, porque é Sua Vontade que assim seja.

Partilhar
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *