Começar do Zero

0. Começar.

Começar do zero. Diz a televisão e eu acredito. Esta frase persegue-me desde o início do ano. Não confio em nada externo a mim. Os meus pensamentos de ataque, os meus pensamentos sobranceiros e as opiniões face ao que está “fora” de mim. Resta-me confiar no coração e não o confundir com o desejo.

O desejo de ser livre e de confundir a liberdade num prato qualquer que sei ser eu a comer.

(O meu prato come-se largo

E a queimar

O meu prato sou eu

Nua e sangrar

Pendurada para o céu

Nas cordas a voar

Eu

Só Eu

Eu só

Quem me dera)

#ElasDoAvesso

Partilhar
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *