Felizmente, os homens não tinham Business Plan

Se os homens soubessem o que havia do outro lado do mar, não seriam conquistadores, descobridores, navegantes.

Seriam ambiciosos que não gostam de correr riscos ou que correm riscos controlados. Antigamente, não havia business plan e os homens descobriam o mar, outros continentes, outros países, outras cores e outras raças. Descobriam tons de pele, cabelos diferentes, tudo diferente.

Desafiariam a sua cultura, cruzariam genes e nós estaríamos aqui.

Felizmente , felizmente os homens agiram sem business plan. É para lá que eu vou .

II

Os homens não sabiam o que havia do outro lado do mar. É por isso que são heróis.

É por isso que gosto e me movo para o desconhecido, horizonte, abismo de mim pequenino, descoberta do Eu grande, do Eu maior que mora em mim e que me pede mares novos. Estou farta de muros e de construções.

Eu quero saber o que mora no outro lado de mim, na rota que nunca percorri… Na água onde nunca me molhei.
Antes morrer afogada na água dos meus sonhos do que morta de sede na terra dos descobrimentos seguros.

#ElasaDoAvesso in #MonologosDoAvesso #Diarios

Post Scriptum: coitados dos livros de História se os homens não usassem do condimento coragem, essa varinha de condão que não conhece o Excel ou, pelo menos, o ignora, sabe mais do que ele. Conhece o sonho, o Papiro de cada um, e para lá nos navega. É preciso queimar o mapa, é preciso inventar mapas novos. O mapa de quem somos, perdido de nós, líquido amniótico, ferida por lamber.

#RegressoÀPlacenta

Partilhar
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *