Devo Ser Tanto

Agora faço as coisas como me apetece… não estudo porque tenho de estudar… não leio porque tenho de ler… porque é suposto…

Sou mais livre… troco Kant por Pessoa, mesmo que amanhã tenha exame…ou deixo tudo e medito, sentada no mundo… ou vou escrever… ou troco isso tudo pelo deslumbramento próprio a ouvir poemas no Youtube… enquanto penso nele, o invento… e depois?

Continue reading

Partilhar
error0

Agora que eu não sei (e isto não é sobre literatura)

Tenho uma obsessão por liberdade. E eu sei, eu sei que, às vezes, não fiz o que a minha mãe queria para mim… não lhe dei o coração sossegado que qualquer mãe quer. Também não fui certa e mudei de emprego muitas vezes… fui viver no fim do interior de Portugal, porque sim… porque precisava de não ouvir carros… e de não ver mais as mesmas pessoas… eu sei que não avisei ninguém e que o meu namorado soube que eu ia embora 2 dias antes… também sei que o meu namorado seguinte não quis muitas coisas que eu fiz, que eu precisei de fazer para ser…

Eu não pertencia a ninguém… eu só era de tudo, num todo qualquer que me abraça, que me quer e que não me deixa ficar para sempre em lado nenhum. Acho que… porque eu não sou de cá… não sei… estou numa viagem.
Continue reading

Partilhar
error0