Dedicado

Dedicado a todos aqueles que enfrentaram o final de um retiro e não sabem para onde se virar nem como Viver.

Dedicado a todos aqueles que não aguentaram mais meditar oito horas por dia, voltaram a ter sexo e a masturbar-se.

Dedicado a todos os que comeram carne e agradeceram solenemente pela vida que se transformava e se cingia ao Um, no Um.

(Comer é comer-te. Não há separação. Mas acredito no valor vida. E não me parece que a minha vida valha mais do que a dos animais. Por isso , guardar o bom de não comer carne).

Dedicado a todos os seres humanos que voltaram a ser homens e mulheres, que aceitaram as suas manias e imperfeições, que acreditaram que é possível serem perfeitos mesmo que cheios de defeitos, mesmo que a primeira coisa do dia já não seja a meditação, ou que esta tenha sido substituída pela única coisa que vale neste mundo, Deus.

Dedicado aos seres humanos que desistiram de ser os iluminados das escrituras, que aceitaram as suas feridas e que, ainda assim, estão dispostos a amar os “outros” e a dividir o pão.

Dedicado às pessoas normais que enfrentam o medo de recomeçar. Vai correr tudo bem. Eles continuam aqui, mesmo que já não medites uma hora nem pratiques celibato. Está tudo bem. Confia.

#ElasDoAvesso #AfterRetiro

Partilhar
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *